Melhores casas de apostas do Brasil

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 08 de Junho de 2022 - 00:00

Serviço de escuta no metrô atendeu mais de 480 pessoas desde que foi criado

por Bruno Leite

Serviço de escuta no metrô atendeu mais de 480 pessoas desde que foi criado
Foto: Divulgação

Ponto de encontro entre as duas linhas do metrô de Salvador - Lauro de Freitas, a estação Acesso Norte é, desde setembro do ano passado, o local onde os usuários do modal podem encontrar acolhimento emocional.

 

O serviço, ofertado através de uma parceria entre a concessionária que administra o sistema e o Centro de Valorizção da Vida (CVV), é o primeiro no Melhores casas de apostas do Brasil e já atendeu mais de 489 pessoas desde que foi criado.

 

Através dele, as pessoas que necessitem do apoio têm, de maneira reservada, plantonistas do CVV à disposição. O atendimento é online e acontece de segunda-feira a sexta-feira, inclusive aos feriados, das 10h às 16h.

 

Além do espaço de escuta, os agentes do sistema metroviário são orientados para que possam agir em situações de emergência e vulnerabilidade emocional que sejam demandados. Diariamente, 330 mil passageiros passam pelas estações do sistema metroviário Salvador.

 

As pessoas que necessitem de acolhimento também podem ter acesso aos voluntários do CVV através de diferentes canais. Por telefone, o centro disponibiliza o número 141. Já no ambiente virtual, os que precisam conversar podem fazê-lo por chat, Skype ou email, por intermédio do site da instituição.

Estudo aponta que após os 60 anos risco de derrame aumenta 14% a cada hora em frente à TV
Foto: Reprodução / Notícias da TV

O risco de derrame aumenta 14% para cada hora em atividades sedentárias, como o tempo gasto na frente da TV, conforme pesquisadores da Universidade Estadual de San Diego, nos Estados Unidos. 

 

De acordo com o portal , no estudo publicado na revista científica JAMA, na última sexta-feira (3), os cientistas monitoraram hábitos de 7.607 americanos com idade média de 63 anos.

 

Para a análise dos dados, o trabalho incluiu dispositivos de rastreamento de movimento posicionados na altura do quadril dos voluntários para saber quando as pessoas se moviam e em que intensidade. Os participantes do estudo também passaram por check-ups de seis em seis meses para avaliações sobre a saúde.

 

Com as informações da pesquisa, os cientistas apontaram que os sedentários que, mal se moviam quando despertos, tinham 44% mais risco de sofrer um Acidente vascular Cerebral (AVC). Para cada hora acima de 13 horas de descanso sem atividade, o risco de derrame aumentava 14%.

 

“O tempo gasto em comportamento sedentário foi interessante porque a maioria dos adultos passa a maior parte do tempo acordado sendo fisicamente inativo. Notavelmente, os participantes com maior tempo sedentário (mais do que 13 horas por dia) tiveram um aumento de 44% no risco de acidente vascular cerebral em comparação com aqueles no tercil mais baixo (menos de 11 horas/dia)”, destacaram os autores.

Terça, 07 de Junho de 2022 - 19:40

Entenda a síndrome rara do padre Fábio de Melo

Entenda a síndrome rara do padre Fábio de Melo
Foto: Reprodução / Instagram

O padre Fábio de Melo revelou em entrevista recente que o motivo do inchaço no seu rosto é a síndrome de Ménière (veja aqui). A fisionomia do religioso repercutiu nas redes sociais após uma aparição no programa Altas Horas, da Rede Globo, o que fez com que os fãs esperassem que o padre teria feito uma harmonização facial. 

 

De acordo com o portal , a síndrome de Ménière é uma doença rara que afeta o ouvido interno, e é caracterizada por episódios frequentes de vertigens, perda de audição e zumbido.

 

A doença pode afetar apenas um dos ouvidos na maioria dos casos, mas a síndrome pode chegar a acometer os dois. Mesmo não possuindo cura, existem tratamentos indicados pelo otorrinolaringologista que podem controlar a doença, como o uso de diuréticos, dieta pobre em sódio e realização de fisioterapia, por exemplo.

 

Os sintomas da síndrome de Ménière podem surgir de forma repentina e durar minutos ou horas.  A intensidade das crises e a frequência variam de uma pessoa para outra. Os principais sintomas são: Vertigens; Tonturas; Perda do equilíbrio; Zumbido; Diminuição ou perda da audição; Sensação de ouvido tampado.

Ministério da Saúde monitora sete casos suspeitos de varíola dos macacos
Foto: Journal of Veterinary Sciences

O número de casos suspeitos de varíola dos macacos em monitoramento no Melhores casas de apostas do Brasil subiu para sete, de acordo com o Ministério da Saúde. O caso mais recente foi notificado pela pasta nesta segunda-feira (6), registrado pela Secretaria de Saúde do estado de São Paulo. 

 

Segundo informações da Agência Melhores casas de apostas do Brasil, o país não possui, até o momento, nenhum caso confirmado da doença. Os estados de Santa Catarina, Ceará, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e São Paulo têm um caso suspeito cada um, e outros dois casos são monitorados em Rondônia.

 

O Ministério da Saúde informou ainda que os pacientes estão isolados e em recuperação, sendo monitorados pelas equipes de vigilância em saúde. 

 

“A investigação dos casos está em andamento e será feita coleta para análise laboratorial", destacou a pasta.
 

A Prefeitura de São Paulo informou que o caso notificado na cidade é de uma mulher de 26 anos, que se encontra hospitalizada. Conforme o G1, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) disse que a paciente passa bem. Familiares e pessoas que residem próximo à mulher também são acompanhados pela gestão municipal.
 

Pesquisa testa uso do leite materno para tratar Covid em quadro de imunodeficiência grave
Foto: Elza Fiúza/Agência Melhores casas de apostas do Brasil

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) recorreram a um método nada convencional para tratar a Covid-19 em uma paciente com uma doença genética rara que torna seu sistema imune incapaz de combater vírus e outros patógenos. 

 

Durante uma semana, ela foi orientada a ingerir 30 mililitros de leite materno – de uma doadora vacinada contra o SARS-CoV-2 – a cada três horas. Após esse período, o resultado do teste de RT-PCR – que há mais de 120 dias vinha indicando a presença do RNA viral – finalmente veio negativo.

 

 

O caso foi relatado em artigo publicado na revista Viruses. “Tenho acompanhado essa paciente desde criança e quando ela me contou que estava com COVID-19 eu fiquei muito apreensiva. O erro inato da imunidade que ela apresenta deixa seu sistema de defesa todo desregulado. Sua resposta inflamatória é deficitária, há poucas células se mobilizando para o local da inflamação e baixa produção de anticorpos. As características de virulência dos agentes infeciosos podem levar a dois desfechos nesses casos: infecção crônica ou morte”, conta a pediatra Maria Marluce dos Santos Vilela, professora da Faculdade de Ciências Médicas (FCM-Unicamp) e autora principal do artigo.

 

A pesquisadora explica que o sistema imune humano e dos demais mamíferos produz normalmente cinco tipos de anticorpos: as imunoglobulinas IgM, IgG, IgA, IgE e IgD. Portadores dessa doença – conhecida como síndrome de imunodesregulação – geralmente têm pouco IgE e, em alguns casos, ausência completa de IgA, o principal anticorpo neutralizante de vírus e outros patógenos, que costuma estar presente no leite materno, nas secreções respiratórias e gastrintestinais. Além disso, há uma produção muito baixa de IgG, normalmente o anticorpo mais abundante no sangue e responsável por reconhecer e neutralizar antígenos com os quais o organismo já teve contato prévio. Há apenas 157 casos do tipo descritos no mundo, caracterizados em estudo publicado no Journal of Allergy and Clinical Immunology, do qual Vilela é coautora.

 

“Nossa estratégia foi manter a paciente isolada em casa, sob os cuidados da mãe – que monitorou a oxigenação, temperatura corporal e a nutrição. No hospital ela poderia contrair uma infecção bacteriana, o que tornaria o quadro ainda mais grave. E desde o diagnóstico, em março de 2021, nós a acompanhamos periodicamente por vídeo”, conta a médica.

 

Nos primeiros 15 dias de infecção a paciente apresentou febre, perda de apetite e de peso, tosse e indisposição. Mas para surpresa e alívio de Vilela, o pulmão e demais sistemas mantiveram-se inalterados. Passados dois meses, o quadro permanecia o mesmo e o grupo então decidiu testar, em parceria com o Hemocentro da Unicamp, o tratamento com plasma de convalescente, ou seja, a transfusão de anticorpos produzidos por pessoas que haviam se curado da Covid-19, principalmente os do tipo IgG.

 

O procedimento foi feito e promoveu melhora dos sintomas e redução de marcadores inflamatórios no sangue. Mas, após 15 dias, o exame de RT-PCR permanecia positivo e a paciente seguia apresentando sintomas leves e sinais do que os médicos chamam de adinamia, que é uma grande fraqueza muscular associada a processos infecciosos prolongados.

 

“Ficamos receosos de que a infecção se prolongasse por muito tempo, o que a debilitaria ainda mais e aumentaria o risco de contaminar outras pessoas. Nessa mesma época, saíram os resultados de um estudo mostrando que mulheres lactantes imunizadas com a vacina da Pfizer produziam leite com uma quantidade razoável de IgA. Decidimos então fazer a experiência assistencial de reposição de IgA via leite materno”, conta Vilela.

 

A pesquisadora conta que só foi possível fazer o ensaio porque há no país uma legislação rígida que garante a segurança dos bancos de leite. Somente podem doar mulheres saudáveis, com testes negativos para doenças infecciosas como Aids, sífilis e hepatite, entre outras. E o sistema também permite saber se a doadora foi imunizada.

 

“Recomendamos a ela o consumo do leite por via oral, pois o IgA funciona como uma ‘vassoura’, ou seja, vai grudando nos patógenos ao longo de todo o trato gastrointestinal e tudo que é impróprio é eliminado nas fezes. O intervalo de três horas entre as doses – exceto no período noturno – foi pensado para não dar chance de o vírus continuar se replicando”, conta a pediatra.

 

O teste negativou após uma semana e outros dois exames, feitos com intervalos de dez dias cada, também não detectaram a presença do SARS-CoV-2. “E ainda seguimos fazendo testes de RT-PCR para SARS-CoV-2. Nossa preocupação é que, com as novas variantes, ela adquira uma infecção assintomática”, diz a médica.

Terça, 07 de Junho de 2022 - 10:20

Bahia relata dificuldades na compra de dipirona e neostigmine injetáveis

por Bruno Leite

Bahia relata dificuldades na compra de dipirona e neostigmine injetáveis
Foto: Reprodução/Rede Globo

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) relatou, nesta terça-feira (7), uma dificuldade na compra de dois medicamentos injetáveis: o dipirona e o neostigmine. De acordo com a pasta, "alguns processos licitatórios foram considerados fracassados" para a aquisição dos fármacos.

 

Ambos os remédios estão em uma relação de cinco medicamentos de uso hospitalar e pré-hospitalar que estão em falta no mercado, segundo entidades médicas (veja aqui). A lista inclui também a atropina, a amicacina e a ocitocina.

 

Para evitar o desabastecimento na Bahia, houve, conforme explicou a Sesab, a compra centralizada do dipirona e do neostigmine. "Quanto aos demais medicamentos, não há problemas de abastecimento", acrescentou a secretaria através de nota. 

 

Em matéria publicada na Folha nesta terça, insituições de todo o país reforçaram o alerta de baixo estoque dos itens. Um documento foi enviado ao Ministério da Saúde pedindo que o governo regule a compra e a venda.

 

Assinam a nota a Amib (Associação de Medicina Intensiva Melhores casas de apostas do Brasileira) , ISMP (Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos), Rebraensp (Rede Melhores casas de apostas do Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente), SBA (Sociedade Melhores casas de apostas do Brasileira de Anestesiologia), SBRAFH (Sociedade Melhores casas de apostas do Brasileira de Farmácia Hospitalar e Serviços de Saúde), Sobrasp (Sociedade Melhores casas de apostas do Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente).

 

A publicação alega que desde abril a gestão de Marcelo Queiroga recebe comunicados sobre a pouca disponibilidade da dipirona em municípios e unidades hospitalares.

 

O Ministério da Saúde indicou que, em conjunto com outras instituições, irá apurar as causas do desabastecimento.

Saúde não divulga dados sobre Covid-19 na Bahia pelo terceiro dia seguido
Foto: Walterson Rosa/MS

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) não divulga dados sobre a Covid-19 pelo terceiro dia consecutivo. De acordo com a pasta, numa nota divulgada na última sexta-feira (4), uma falha no sistemas e-SUS e SivepGripe, do Ministério da Saúde, impediam a atualização do número de casos.

 

Segundo a pasta, o problema afeta diversos estados brasileiros e já foi reportado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

 

"Assim que ocorrer o reestabelecimento da conexão com o sistema ministerial, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) disponibilizará para acesso público, a base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus (Covid-19)", informou a Sesab. 

Covid-19: Salvador inicia aplicação da 3ª dose para adolescentes e 4ª dose para idosos
Foto: Otávio Santos / Secom-PMS

A partir desta segunda-feira (6), das 8h às 16h, a Prefeitura de Salvador iniciará a aplicação de 3ª dose da vacinação contra Covid-19 para adolescentes de 12 a 17 anos, além da 4ª dose para idosos com 60 anos ou mais. Para ter acesso à dose de reforço, os adolescentes devem ter um intervalo de quatro meses do recebimento da 2ª dose, ou seja, estão habilitados aqueles que tomaram até 5 de fevereiro de 2022.

 

Para tomar a 4ª dose, os idosos devem ter recebido a 3ª dose também até o dia 5 de fevereiro de 2022. Ambos os públicos devem estar com o nome na lista do site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no endereço www.saude.salvador.ba.gov.br.

 

A imunização também vai realizar, das 8h às 16h, a estratégia “Liberou Geral” para aplicação da 1ª dose em pessoas com 12 anos ou mais, além da 2ª e 3ª dose para indivíduos com 18 anos ou mais, ou seja, mesmo não morando em Salvador ou não tendo tomado as doses anteriores aqui, o cidadão será contemplado. O único requisito é ter o cartão SUS vinculado a algum município do estado da Bahia.

 

O interessado deve apresentar, obrigatoriamente, originais e cópias do cartão de vacina, carteira nacional de vacinação digital (ConectSUS atualizado), documento de identificação com foto e comprovante de residência do município do Estado da Bahia. As unidades seguem ainda com a aplicação da 4ª dose da vacina contra a Covid-19, a partir de agora, com a inclusão de idosos com 60 anos ou mais.

 

Os demais grupos não incluídos na estratégia “Liberou Geral” deve residir em Salvador e ter o nome na lista do site da SMS. Segue ainda a vacinação para crianças de 5 a 11 anos em instituições de ensino da capital baiana.

 

Janssen – Os indivíduos de 18 anos ou mais que tomaram a vacina Janssen não estão indicados para receber a 3ª dose, pois o esquema de vacinação para este imunizante é dose única + dose de reforço. Apenas os imunossuprimidos que fizeram o esquema com a vacina Janssen têm indicação para a 3ª dose.

 

Documentos:

 

Criança ou adolescente acompanhado pelo pai ou mãe: É necessário estar com nome no site da SMS e, no ato da vacinação, apresentar original e cópia do documento de identificação com foto do pai ou da mãe que estiver presente, original e cópia do documento de identificação da criança/adolescente, e originais da caderneta de vacina e Cartão SUS de Salvador da criança/adolescente.

 

Criança ou adolescente desacompanhado do pai ou da mãe: É necessário estar com o nome no site e, no ato da vacinação, estar acompanhada por outra pessoa maior de 18 anos. Além disso, deverá ser apresentado o Formulário de Vacinação preenchido e assinado pelo genitor da criança (pai ou mãe), cópia do documento de identificação com foto do responsável pela assinatura no documento, mais original e cópia do documento de identificação da criança/adolescente, além dos originais da caderneta de vacina e do Cartão SUS de Salvador da criança/adolescente. O Formulário de Vacina está disponível para impressão no site da SMS.

 

Adultos: Deverão apresentar no ato da vacinação o ConectSUS atualizado e documento oficial de identificação com foto.

 

Voluntários de pesquisas e estudos: Para recebimento da 3ª dose, os voluntários de pesquisas e estudos deverão apresentar os documentos citados acima, além de declaração do instituto de pesquisa indicando que estão liberados para 3ª dose, sem prejuízo do prosseguimento do estudo/pesquisa.

 

Gestantes e puérperas: As gestantes devem apresentar, obrigatoriamente, cópia impressa da prescrição médica. As puérperas, além da prescrição médica, devem também apresentar uma cópia da certidão de nascimento do bebê ou Declaração de Nascidos Vivos.

 

Imunossuprimidos - 4ª dose e idosos com 60 anos ou mais: Os interessados devem ter 18 anos ou mais, já ter tomado as três doses do esquema vacinal, tendo tomado a 3ª dose até a data indicada na estratégia.

 

Os casos excepcionais relacionados à falta de apresentação da documentação completa serão tratados individualmente no próprio ato/local da vacinação, como vem ocorrendo desde o início da estratégia.

 

Aprazamentos desta segunda (6):

 

2ª dose – Coronavac: crianças e adolescentes de 6 a 17 anos – que tomaram a primeira dose até o dia 9/5/2022

 

2ª dose – Pfizer pediátrica: crianças 5 a 11 anos – que tomaram a primeira dose até o dia 11/4/2022

 

2ª dose Coronavac: aprazados até 6/6/2022 – liberou geral

 

2ª dose Pfizer: pessoas com 12 anos ou mais aprazadas até 2/7/2022 – liberou geral

 

2ª dose Janssen: para quem tomou a primeira dose/dose única da janssen até a data de 5/4/2022

 

2ª dose Oxford: aprazados até 2/7/2022

 

2ª dose: gestantes e puérperas aprazadas até 2/7/2022

 

3ª dose: pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose até o dia 5/2/2022 – liberou geral

 

3ª dose – Pfizer: imunossuprimidos com 12 anos ou mais que tomaram a segunda dose até o dia 10/4/2022

 

3ª dose: gestantes e puérperas que tomaram a 2ª dose até o dia 2/1/2022

 

4ª dose: pessoas com 12 anos ou mais imunocomprometidas que tomaram a 3ª dose até dia 5/2/2022

 

4ª dose: idosos com 65 anos ou mais que tomaram a 3ª dose até 5/2/2022

 

Postos:

 

1ª e 2ª doses pediátricas: crianças de 5 a 11 anos (incluindo imunossuprimidas)

 

Postos fixos: USF Lealdina Barros (Vale da Muriçoca), USF Menino Joel (Nordeste de Amaralina), USF Alto das Pombas, USF Garcia, USF Imbuí, USF Vale do Matatu, UBS Manoel Victorino (Brotas), USF Santa Luzia (Engenho Velho de Brotas), UBS Eunísio Teixeira (Saboeiro), USF Arraial do Retiro, USF Saramandaia, USF Cajazeiras V, USF Cajazeiras XI, USF Cajazeiras IV, UBS Péricles Cardoso (Barbalho), USF Gamboa, UBS Ministro Alkimin, USF São José de Baixo, USF Jardim das Margaridas, UBS Orlando Imbassahy (Bairro da Paz), USF Mussurunga I, UBS São Cristóvão, USF Vila Verde, UBS José Mariane (Itapuã), USF Nova Esperança, USF San Martim III, 16º Centro de Saúde do Pau Miúdo, Multicentro Liberdade, USF Gal Costa, USF João Roma Filho (Jardim Nova Esperança), USF Nova Brasília, UBS Castelo Branco, USF São Marcos, USF Pirajá, UBS Frei Benjamin (Valéria), USF Capelinha, UBS Sérgio Arouca (Paripe), USF São Tomé de Paripe, USF São João do Cabrito, USF Colinas de Periperi, USF Alto da Terezinha, USF Fazenda Coutos III, USF Alto de Coutos I, USF Bom Jesus dos Passos, USF Ilha de Maré e USF Paramana. 

 

1ª, 2ª, 3ª e 4ª doses: pessoas com 12 anos ou mais

 

Postos fixos: USF Sabino Silva (Nordeste de Amaralina), Multicentro Amaralina, USF Federação, USF Santa Cruz (8h às 14h30), USF Calabar, USF Parque de Pituaçu, UBS Cesar de Araújo, USF Curralinho, USF Pituaçu, UBS Mário Andréa (Sete Portas), USF Santa Luzia (Engenho Velho de Brotas), UBS Cosme de Farias, USF Sussuarana, USF Arraial do Retiro, USF Calabetão, USF Resgate, USF Mata Escura, USF Estradas das Barreiras, UBS Engomadeira, CSU Pernambués, UBS Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras), USF Cajazeiras X, USF Boca da Mata, USF Yolanda Pires, UBS Ramiro de Azevedo (Campo da Pólvora), USF Terreiro de Jesus, UBS Virgílio de Carvalho (Bonfim), USF Joanes Leste, USF Joanes Centro Oeste, USF São José de Baixo, USF São Cristóvão, USF Alto do Coqueirinho, USF km17 (Itapuã), UBS Eduardo Mamede (Mussurunga), USF Parque São Cristóvão, USF Jardim Campo Verde, USF Coração de Maria, USF Aristides Maltez (São Cristóvão), USF Ceasa I e II, USF Itapuã, USF Santa Mônica, USF San Martin I, USF IAPI, USF San Martim III, USF Cambonas (Via Regional), USF São Marcos, UBS Sete de Abril, USF Dom Avelar, USF Boa Vista de São Caetano, USF Recanto da Lagoa II, USF Antonio Lazzarotto (Plataforma), UBS Péricles Laranjeiras (Fazenda Grande do Retiro), USF Deputado Luiz Braga (Pirajá), USF San Martin II, USF Alto do Peru, USF Alto do Cabrito, USF Vista Alegre, USF Itacaranha, USF Beira Mangue, USF Alto de Coutos II, USF Plataforma, USF Tubarão, USF Teotônio Vilela II, USF Alto do Cruzeiro, USF Nova Constituinte, USF Alto do Congo, USF Bom Jesus dos Passos, USF Ilha de Maré e USF Paramana.

Hemoba inicia campanha 'Junho Vermelho' para incentivo à doação de sangue
Foto: Divulgação / Hemoba

A Fundação Hemoba iniciou neste sábado (4) a campanha 'Junho Vermelho', que tem como objetivo incentivar e sensibilizar a população sobre a importância da doação de sangue.

Criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as ações começaram com o Sabadão Solidário em Salvador, Senhor do Bonfim, Feira de Santana e Jacobina e, na terça-feira (6), com o I Encontro de Captação Hospitalar de Doadores de Sangue, que acontecerá no auditório da sede da Fundação.

Nos dias 07 e 08, a unidade móvel de coleta (Hemóvel) ficará estacionada na Secretaria de Políticas para as Mulheres de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, para atendimento dos doadores das 8h30 às 16h.

No dia 11, a partir das 8h, a MAIS AÇÕES INTEGRADAS promove o projeto 'Pegue Leve BA' no Parque Costa Azul, em parceria com a Hemoba, que contará com palestra de conscientização sobre a doação de sangue, aulas de boxe e dança e DJ. 

Em 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue, estão programados um concurso de traje junino, apresentação da banda Flor de Milho, distribuição de brindes e um lanche especial.

 

O I Encontro de Doadores de Plaquetas ocorrerá no dia 15, no auditório da sede da Hemoba e, no dia 20, a Fundação promove um encontro com pacientes e a equipe multidisciplinar do seu ambulatório. No dia 21, acontecerá o Forró da Solidariedade com a participação do cantor Jay Torres. 

Quase 50% precisaram ajustar orçamento para não perder plano de saúde, aponta pesquisa
Foto: Tânia Rêgo/Agência Melhores casas de apostas do Brasil

Levantamento realizado pela Associação Nacional das Administradores de Benefícios (Anab) aponta que 47% dos entrevistados tiveram que ajustar o orçamento em 2021 para não perder o plano de saúde. 


Conforme publicação da Agência Melhores casas de apostas do Brasil, entre os que não têm plano de saúde, 83% consideraram que ele é necessário, e o mesmo percentual têm medo de perder o benefício. Dos entrevistados que são usuários exclusivos do Sistema Único de Saúde (SUS), 68% precisaram de algum tipo de atendimento médico em 2021, mas relataram dificuldade no acesso.
 
O presidente da associação e idealizador do estudo, Alessandro Acayaba de Toledo,  a portabilidade é uma das saídas para quem precisa reduzir o custo com o plano de saúde, mas sem perdê-lo. “É direito do beneficiário. O interesse pela portabilidade aumentou 12,5% de acordo com a ANS [Agência Nacional de Saúde]. Em alguns casos, foi possível reduzir em 40% os custos com a saúde”, ressaltou Toledo à Agência. 

 

A pesquisa da Anab foi feita no último mês de abril com 1.012 pessoas, de 16 anos ou mais, responsáveis pelas principais decisões do domicílio.

Histórico de Conteúdo

| Dicas de apostas de futebol | | Poker online | | Jogos de azar com dinheiro real | | Ganhe dinheiro ao lado | | Apostas esportivas | | Apostas Online Brasil | | Apostas de futebol do Brasil | | Apostas Esportivas | | Dicas de apostas | | Variação odds futebol | | Dicas de apostas para hoje | | Jogos de Bingo | | Apostas móveis | | AFUN - Melhor plataforma de apostas de futebol | | Apostas na Liga de Futebol | | CAÇA-NIQUEL | | Probabilidades das Apostas Online | | Melhores Sites de Apostas Esportivas 2022 | | Palpites de Hoje | | Ogos online gratis poki | | Dicas de apostas grátis futebol | | Bacará Online | | Aplicativos de Apostas | | Jogos poki online | | Bet365 apostas | | Jogos do brasileirão | | Apostas em tempo parcial | | Dicas de apostas de futebol | | Apostas desportivas online | | Apostas em tempo parcial |